Agenda

Todos os eventos serão transmitidos a partir da página de Facebook da Fundação Bienal de Arte de Cerveira.

Agosto

Inauguração da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira

Inauguração da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira


1/8 Sábado 16:00


A XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira tem como mote o tema “Diversidade-Investigação: o complexo espaço da comunicação pela arte” com um programa que pensa nas contingências do tempo presente, combinando a exposição, em Vila Nova de Cerveira, das obras selecionadas no âmbito do concurso internacional, dos artistas convidados e, entre outros, o projeto “De casa para um mundo”, com uma agenda para os canais de comunicação e divulgação online que, não só acompanha todas as ações paralelas à exposição, como apresenta conteúdos exclusivos para o digital, projetando a “Vila das Artes” no mundo. A partir de um circuito expositivo que integra o Fórum Cultural de Cerveira, o Palco das Artes e a Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira, o programa contará com várias intervenções e com a entrega dos prémios aquisição desta 21.ª edição da bienal mais antiga da Península Ibérica.

Quando a Arte é um Jogo de Rua + Concerto de Paolo Angeli (transmissão em direto)

Quando a Arte é um Jogo de Rua + Concerto de Paolo Angeli (transmissão em direto)


2/8 Domingo 16h e 21h30


Curadoria: Officinevida (Comune Di San Sperate / Noarte Paese Museo / Fondazione di Sardegna / Regione Autonoma della Sardegna) + Paolo Angeli (Itália, 1970)

No segundo dia da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira renovamos votos com San Sperate (Itália) com a apresentação, no Largo do Terreiro de uma exposição/instalação que nos conta a história daquele lugar artístico na Sardenha, em forma de jogo. Quando a arte sai à rua, as fronteiras que possam surgir entre artistas, clientes, público, patronos e a própria obra, desaparecem: a arte transforma-se numa oportunidade de crescimento coletivo. Quem nos segue pelos meios digitais, terá oportunidade de assistir, antes, a uma entrevista com os protagonistas do projeto. A noite segue com um concerto do virtuoso guitarrista sardo Paolo Angeli.

Vídeo resumo da inauguração da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira

Vídeo resumo da inauguração da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira


4/8 Terça-feira 18:00


Depois de mais de quatro horas de transmissão em direto, disponibilizamos um breve resumo em vídeo da sessão inaugural da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira.

Inauguração do polo expositivo de Monção - XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira

Inauguração do polo expositivo de Monção - XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira


6/8 Quinta-feira 17:00


Curadoria: Ricardo de Campos (Portugal, 1977)

O Cine Teatro João Verde, em Monção, volta a acolher um dos polos da Bienal Internacional de Arte de Cerveira, mantendo a tradição de descentralizar o evento pelos vários municípios do Alto Minho. A exposição intitula-se “Território Pintura” e estará patente até 4 de setembro de 2020.

Inauguração do polo expositivo de Vila Praia de Âncora - XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira

Inauguração do polo expositivo de Vila Praia de Âncora - XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira


7/8 Sexta-feira 18:00


Curadoria: Isabel Lima

O concelho de Caminha, desta feita no Centro Cultural de Vila Praia de Âncora, volta a acolher um dos polos da Bienal Internacional de Arte de Cerveira, mantendo a tradição de descentralizar o evento pelos vários municípios do Alto Minho. A exposição intitula-se “Poéticas e imaginários – Travessias com múltiplas conexões” e estará patente até 13 de setembro de 2020.

Inauguração do polo expositivo de Alfândega da Fé - XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira

Inauguração do polo expositivo de Alfândega da Fé - XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira


8/8 Sábado 15:00


Curadoria: Ágata Rodrigues e António Oliveira

O Município de Alfândega da Fé, terra que faz parte da infância de José Rodrigues (1936-2016) volta a acolher um dos polos da Bienal Internacional de Arte de Cerveira, desta vez com uma exposição em que se relacionam as obras de José Rodrigues e Eugénio de Andrade. A exposição terá lugar na Casa da Cultura Mestre José Rodrigues e intitula-se “Uma Cereja na Génese de Eugénio e José Rodrigues”. Estará patente até 30 de setembro de 2020.

Entrevista a Henrique Silva

Entrevista a Henrique Silva


10/8 Segunda-feira 10:00


Henrique Silva (Portugal, 1933)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas.

an unexplained emptiness (em direto no auditório do Fórum Cultural de Cerveira)

an unexplained emptiness (em direto no auditório do Fórum Cultural de Cerveira)


13/8 Quinta-feira 16:00


Artista: Frederico Dinis (Portugal, 1974)

Performance sonora e visual em que sons e imagens em movimento se organizam, transfiguram e equilibram, num qualquer lugar entre um ensaio visual e um poema sonoro. Uma criação que se pode escutar, ver e apreender de muitas maneiras... an unexplained emptiness retrata estados de quietude, placidez, vazio, equilíbrio e silêncio, partindo do papel da memória pessoal na configuração das identidades individuais e coletivas, e explora a importância dos contextos locais e do sentido de lugar, e a sua relação com os meios sonoro e visual.

Sessão Evocativa do escritor Ruben A.  (em direto no auditório do Fórum Cultural de Cerveira)

Sessão Evocativa do escritor Ruben A. (em direto no auditório do Fórum Cultural de Cerveira)


13/8 Quinta-feira 18:00


Ruben A.

Com o apoio da Fundação da Bienal de Arte de Cerveira e da Porta XIII - Associação Poética de Todas as Artes, terá lugar no Fórum Cultural de Cerveira, uma sessão evocativa do escritor Ruben A. (Ruben Andresen Leitão), a propósito do centenário do seu nascimento. Participarão na sessão a doutora Dália Dias, João Pimenta, o Embaixador José Manuel Vilas Boas, Manuela Gomes, Jorge Pereira e Rui de Noronha Ozório. Atendendo à atual situação sanitária, o espaço será limitado, pelo que se solicita a todos os interessados o favor de se inscreverem, com a identificação do nome, para o email da PORTA TREZE

Apresentação do projeto “LowPlast – a arte de reduzir o plástico”

Apresentação do projeto “LowPlast – a arte de reduzir o plástico”


14/8 Sexta-feira 10:00


“LowPlast – a arte de reduzir o plástico” é um projeto financiado por EEA Grants, promovido pelo “Aquamuseu do Rio Minho” - Município de Vila Nova de Cerveira, em parceria com “APLM, Associação Portuguesa do Lixo Marinho”, “Fundação Bienal de Cerveira” e “DTK, Kunstfagskolen i Baerum” entre, Portugal e a Noruega. Consubstancia-se em três momentos de intervenção artística que, idealmente, seriam site specific. Contudo, no contexto da situação atual, terão duas participações à distância das artistas Pippip Ferner e Christine Istad e uma intervenção, em pleno Rio Minho, do português Acácio de Carvalho (n.1952).

Visita guiada à exposição patente na Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira, “De casa para um mundo…”

Visita guiada à exposição patente na Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira, “De casa para um mundo…”


15/8 Sábado 18:00


Curadoria: Fátima Lambert

O projeto “De casa para um mundo…” reúne 15 artistas plásticos + 15 escritores + 15 compositores + 5 designers, ou seja, 30 obras, produzidas durante o período de confinamento. Fátima Lambert guia-nos, virtualmente, numa visita pela exposição.

“Happy Friendship Day” (Feliz Dia da Amizade)

“Happy Friendship Day” (Feliz Dia da Amizade)


18/8 Terça-feira 21:30


Artista: Venkata Kappala

“Happy Friendship Day” (Feliz Dia da Amizade) é um vídeo artístico baseado em videoarte, stereo, sem diálogo. Todas as moedas têm duas faces, como a própria amizade. Se dois amigos estiverem em confronto numa temporada, na próxima já estão juntos...

Cruzo

Cruzo


20/8 Quinta-feira 21:00


Artista: Guilherme Rocha Portes (Brasil, 1989)

Partindo da escultura enquanto disciplina base, o artista brasileiro propõe-se intervir poeticamente na paisagem de acordo com o encontro entre artista, comunidade e território.

Apresentação da artista Pippip Ferner no âmbito do projeto “LowPlast – a arte de reduzir o plástico”

Apresentação da artista Pippip Ferner no âmbito do projeto “LowPlast – a arte de reduzir o plástico”


21/8 Sexta-feira 10:00


Artista: Pippip Ferner

Pippip Ferner é uma artista visual que trabalha com várias técnicas como desenho, pintura e instalações. Colabora com biólogos marinhos, incluindo o navio de investigação G.O. Sars. Formação: Edinburgh College of Art, DTK art school e Parsons New York. Experiência no Ensino artístico na Noruega e Uganda. Realizou várias exposições individuais, inúmeras instalações artísticas em espaços públicos e participou como júri de exposições na Noruega e no estrangeiro. As suas obras foram adquiridas pelo a.o. Southern Norway Hospital; Município de Asker; Norway House L.A. e the Queen of Norway. Membro do Grupo de artistas/ativistas "Guerrilla Plastic Movement" e do "artist group F36". Ferner recebeu uma série de bolsas de projeto e apoio para artistas, financiadas pelo Governo da Noruega.

Conferência “Um espaço, uma parede, uma obra.” por Damião Matos

Conferência “Um espaço, uma parede, uma obra.” por Damião Matos


22/8 Sábado 16:00


Damião Matos (Portugal, 1956)

Damião Matos é artista visual, professor e investigador. Doutorado em “Arte Contemporânea, Investigação e Criação” pela Faculdade de Belas Artes de Pontevedra da Universidade de Vigo (Espanha) encontra-se atualmente a realizar um Pós-Doutoramento na mesma instituição. É professor do Ensino Superior da área científica de Belas Artes, curso de Multimédia e Artes da Escola Superior Gallaecia. É membro do Centro de Investigação da Escola Superior Gallaecia (CI-ESG). Atualmente desenvolve a investigação “3 DPast”- European Research Project, inserido no “Creative Europe Programme of European Union”.Expõe individual e coletivamente, com regularidade, desde 1996. Como artista visual desenvolve trabalho no âmbito da “integração da obra fragmentada na arquitetura do espaço”.

Apresentação do livro “Bienal de Cerveira (1978-2007) – Memória e Singularidade” de Margarida Leão

Apresentação do livro “Bienal de Cerveira (1978-2007) – Memória e Singularidade” de Margarida Leão


22/8 Sábado 18:00


Margarida Leão

Margarida Leão apresenta o livro que resulta da sua tese de doutoramento, defendida em 2018, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. A publicação é apoiada pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira.

Entrevista a Pedro Cabrita Reis

Entrevista a Pedro Cabrita Reis


24/8 Segunda-feira 10:00


Pedro Cabrita Reis (Portugal, 1956)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

sem título

sem título


25/8 Terça-feira 21:00


Artista: João Madureira (Portugal, 1994)

As práticas corporais são cada vez mais abundantes nas cidades e designadoras dos discursos identitários contemporâneos. À luz das práticas corporais, marcadoras da diferença, os corpos têm vindo a destacar-se nas paisagens das cidades e mostram como podem reclamar os “seus lugares” e quais as suas intensões perante os mesmos. Esta atitude de ligação das práticas do corpo ao espaço público levanta uma série de questões sobre o corpo no espaço e a importância social e política que estas apropriações podem ter com o que será o discurso de um lugar ou de uma cidade. A escultura é a reprodução dos antigos canteiros do largo José Afonso em Alfornelos e contém todo o arquivo de vídeo dos skaters da freguesia. Os vídeos permitem assistir à passagem do tempo e às mutações deste no espaço.

As ilhas não flutuam no mar – será transmitida em direto

As ilhas não flutuam no mar – será transmitida em direto


27/8 Quinta-feira 21:00


Artistas: Mariana Mizarela (Portugal, 1987) e Sílvia Cancedda (Itália, 1984)

O projeto intitula-se “As ilhas não flutuam no mar” e consiste num diálogo poético sobre a pandemia global e a quarentena: a polarização de ruído/silêncio. O objetivo é realizar um espetáculo áudio visual na rua, no exterior, com a duração de 15 minutos. Neste espetáculo haverá som, canções, música num sentido experimental, em simultâneo com projeções visuais. Estas projeções serão imagens de obras de collage que acompanham a narrativa.

Inauguração do polo expositivo de Viana do Castelo - XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira

Inauguração do polo expositivo de Viana do Castelo - XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira


28/8 Sexta-feira 18:00


Curadoria: Fernanda Vilas Boas

A Galeria Noroeste – Fundação Caixa Agrícola do Noroeste, em Viana do Castelo, acolhe um dos polos da Bienal Internacional de Arte de Cerveira, mantendo a tradição de descentralizar o evento pelos vários municípios do Alto Minho. A exposição intitula-se “Livros de Artista, Diversidade de Espaços” e estará patente até 16 de outubro de 2020.

Entrevista com alguns dos protagonistas do projeto “De casa para um mundo…”

Entrevista com alguns dos protagonistas do projeto “De casa para um mundo…”


29/8 Sábado 10:00


Curadoria: Fátima Lambert + 3 intervenientes no projeto

O projeto “De casa para um mundo…” reúne 15 artistas plásticos + 15 escritores + 15 compositores + 5 designers, ou seja, 30 obras, produzidas durante o período de confinamento. Estaremos à conversa, através das plataformas digitais com quatro desses protagonistas.

Entrevista com alguns dos protagonistas do projeto “De casa para um mundo…”

Entrevista com alguns dos protagonistas do projeto “De casa para um mundo…”


30/8 Domingo 10:00


Curadoria: Fátima Lambert + 3 intervenientes no projeto

O projeto “De casa para um mundo…” reúne 15 artistas plásticos + 15 escritores + 15 compositores + 5 designers, ou seja, 30 obras, produzidas durante o período de confinamento. Estaremos à conversa, através das plataformas digitais com quatro desses protagonistas.

Apresentação da artista Christine Istad no âmbito do projeto “LowPlast – a arte de reduzir o plástico”

Apresentação da artista Christine Istad no âmbito do projeto “LowPlast – a arte de reduzir o plástico”


31/8 Segunda-feira 10:00


Artista: Christine Istad

Istad trabalha com fotografia, vídeo e instalações. Participou em várias exposições individuais e coletivas, tanto na Noruega como no estrangeiro. Exibiu no A. O. KUBE Art Museum, Henie Onstad Art Center, Tromsø e Oslo Art Center, Bergen Art Hall, Marres Maastrcht e Zoellner Art Center, PA USA. Participou em exposições regionais e as suas obras foram adquiridas pela A. O. Kube Art Museum and LUAG Collection; PA USA; Gabinete do Primeiro-Ministro; Ministro da Educação; Universidade de Oslo; St.Olavs Hospital e pela coleção de arte do Município de Baerum. Ela teve a sua formação na Strykejernet School of Art, Westerdals School of Communication e Parsons School of Design, em Nova Iorque. Realizou 7 viagens de estudo para o Japão entre 2006 e 2019, e foi artista residente em Circolo Scandinavo, em Roma, 2017. Em 2016, iniciou o grupo de artistas/ativistas "Guerrilla Plastic Movement", como resposta à catástrofe da poluição através do plástico. Limpam as praias e lutam por um oceano sem plástico, usando meios visuais, verbais e artísticos. O grupo é composto por 11 membros. Istad recebeu várias bolsas de projeto e apoio para artistas financiadas pelo Governo da Noruega. Juntamente com a artista Lisa Pacini, as artistas realizaram a escultura de luz e itinerante "Travelling SUN". Exibiram o projeto na Noruega, Inglaterra, Islândia, Países Baixos e EUA. Travelling SUN: http://artubeart.blogspot.no

Setembro

Phénoménologie de l’Éros (performance)

Phénoménologie de l’Éros (performance)


1/9 Terça-feira 21:00


Artista: Pablo Alvez Artinprocess (Bélgica, 1971)

Uma pesquisa sobre a relação entre a filosofia e a arte, entre a ética de Levinas e a estética que um estudo da mesma potencia. Distinguida pela Fundação Calouste Gulbenkian em 2019 (Apoio à Circulação Internacional de Criadores em Dança e Teatro), e com o apoio à produção do KANAL – Centre Pompidou, a performance questiona os limites e as possibilidades de falar do Amor na primeira pessoa, de falar pelo Amor, de falar pelo Outro.

Por entre lágrimas que correm há rostos que brilham

Por entre lágrimas que correm há rostos que brilham


3/9 Quinta-feira 21:00


Artistas: Ricardo Cardoso (Portugal, 1982)

A performance artística "Por entre lágrimas que correm há rostos que brilham "é uma espécie de memorial ao ser humano e a inter-relação que todos nós temos com a Natureza”. Uma instalação artística onde o artista deposita as suas preocupações, e de seguida convida o observador a participar nela, deixando-se registar nessa interação para posteriormente fazer parte da instalação.

“Ilhas de Plástico” de Acácio de Carvalho

“Ilhas de Plástico” de Acácio de Carvalho


4/9 Sexta-feira 10:00


Artista: Acácio de Carvalho

Inserida no projeto “LowPlast – a arte de reduzir plástico”, esta instalação tem como objetivo a “produção de elementos artísticos e audiovisuais com carácter de sensibilização para a prevenção e redução de plásticos no ambiente aquático, de origem terrestre e de atividades associadas à pesca”. Será constituída por 25 formas esféricas, com uma estrutura de verguinha de ferro e rede de capoeira, para amarração dos diferentes objetos plásticos que se reutilizarão para a modelação; cada um destes objetos terá as dimensões aproximadas de 4 x 4 x 4m ≈ 64 m3 e será ancorada com o peso necessário; as 25 formas construídas ocuparão no Rio Minho, uma área aproximada de 430 m2. O objeto “forma esférica/escultura” estará presente numa ocupação organizada no rio e que se chamará a atenção para o reaproveitamento de um espaço com materiais de desperdício e reutilizados, como um elemento importante da obra, ele próprio objeto artístico. Ao equacionar a localização da Instalação no Rio, perto da margem, da visão do público, o projeto visa, também, extravasar a arte dos espaços tradicionalmente usados em Bienais anteriores e ainda promover a utilização de lugares alheios a propósitos museológicos e similares, concorrendo assim, para a promoção e dinamização artística e cultural. O trabalho artístico será concretizado na segunda quinzena de setembro de 2020.

Mesa Redonda com alguns dos protagonistas do projeto “De casa para um mundo…”

Mesa Redonda com alguns dos protagonistas do projeto “De casa para um mundo…”


4/9 Sexta-feira 18:00


Moderação de Fátima Lambert com presença, ao vivo e virtual, de vários intervenientes no projeto

O projeto “De casa para um mundo…” reúne 15 artistas plásticos + 15 escritores + 15 compositores + 5 designers, ou seja, 30 obras, produzidas durante o período de confinamento. Fátima Lambert moderará uma mesa redonda, a partir do Fórum Cultural de Cerveira, com vários protagonistas do projeto, sendo que muitos se juntarão através das plataformas digitais.

Dia da Roménia

Dia da Roménia


5/9 Sábado 10:00 e 16:00


Artista: Mircea Roman

O prestigiado escultor romeno Mircea Roman (n.1958) expôs, individualmente e a convite da Fundação Bienal de Arte de Cerveira, na Vila das Artes em 2019. A partir dessa exposição nasceu uma amizade que agora se estende ao seu país de origem, a Roménia. Neste sentido, a 5 de setembro de 2020, a programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira será inteiramente dedicada à Roménia com uma emissão em direto. Arrancamos pelas 10:00 com a apresentação de um workshop sobre técnicas e materiais para a escultura em madeira que será dinamizado por Mircea Roman. Pelas 16:00 terá lugar a projeção, no Auditório do Fórum Cultural de Cerveira, do filme Duhul Lăzilor Trup de Francisc Mraz. Às 17:00, no mesmo local, terá lugar uma conversa com Mircea Roman, feita por Helena Mendes Pereira e com a presença de Gelu Savonea, Diretor-adjunto do Instituto Cultural Romeno, a partir do tema “Entre o grotesto e o sagrado: conexões entre Portugal e Roménia”. Pelas 18:00, rumamos ao Palco das Artes para, simbolicamente, inaugurar a obra “São Sebastião” de Mircea Roman. De regresso ao Auditório do Fórum Cultural de Cerveira, pelas 19:00, terá lugar um recital de piano Nicolae Dumitru, que encerrará o programa. De recordar que o Auditório do Fórum Cultural de Cerveira tem lotação máxima, pelo que se solicita a pré-marcação em cada uma das atividades através do email geral@bienaldecerveira.pt.

Na rua com Arte

Na rua com Arte


6/9 Domingo 16:00


Artistas: Madalena Macedo (escultura), Pierre-Michel De Keyn (pintura), António Miranda (pintura), Mário Rebelo de Sousa (pintura/desenho), Laurinda de Brito (pintura), Rosário Pedro (pintura), Maria Simões (declamação), Jorge Ferreira (fotografia)

Intervenção artística ao vivo no Largo do Terreiro

Visita guiada à exposição “Uma Cereja na Génese de Eugénio e José Rodrigues”

Visita guiada à exposição “Uma Cereja na Génese de Eugénio e José Rodrigues”


6/9 Sábado 18:00


Curadoria: Ágata Rodrigues e António Oliveira

Ágata Rodrigues e António Oliveira guiam-nos, virtualmente, pela exposição da Casa da Cultura Mestre José Rodrigues “Uma Cereja na Génese de Eugénio e José Rodrigues”, que estará patente até 30 de setembro de 2020.

Entrevista a Carlos Barreira

Entrevista a Carlos Barreira


7/9 Segunda-feira 10:00


Carlos Barreira (Portugal, 1945)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Permite (arquitetura fluída)

Permite (arquitetura fluída)


8/9 Terça-feira 21:00


Artista: Patrícia Mesquita (Portugal, 1982)

Na sua intervenção artística, Patrícia Mesquita pretende questionar princípios estruturantes à escala urbana, as causas que os fundamentam e alteram. A obra propõe a síntese de elementos de desenho da cidade desde a unidade de habitar aos efeitos da sua localização face ao sol. Pretende lembrar a unicidade, permeabilidade e a especificidade passível da coordenada e do edificado e a sua adaptação a tempo. Os recursos consomem e levam satisfação, lembram o real.

Skyline Memory - Vanished into air

Skyline Memory - Vanished into air


10/9 Quinta-feira 21:00


Artista: Beatriz Ruibal (Espanha, 1966)

Este é um documento visual que aborda os conceitos de cidade, modernidade, planeamento urbano e memória de uma perspetiva poética. Os arranha-céus são retratados como imensos recipientes de memórias, símbolos de poder das cidades: ao entrar figurativamente dentro destes edifícios, ao imaginar as diferentes formas da existência humana, ao especular sobre as virtudes e misérias escondidas na privacidade de cada lar. A obra é articulada por narrativas baseadas em experiências pessoais, detalhes autobiográficos, factos reais e eventos culturais e sociais, que questiona e romantiza o tempo e a própria vida no processo interminável de construção e colapso.

Visita guiada à exposição “Território Pintura”

Visita guiada à exposição “Território Pintura”


12/9 Sábado 18:00


Curadoria: Ricardo de Campos (Portugal, 1977)

Ricardo de Campos guia-nos, numa visita virtual, pela exposição “Território Pintura”, que o Cine Teatro João Verde, em Monção, acolhe até 4 de setembro de 2020.

Mesa Redonda com alguns dos protagonistas do projeto “De casa para um mundo…”

Mesa Redonda com alguns dos protagonistas do projeto “De casa para um mundo…”


13/9 Domingo 16:00


Moderação de Fátima Lambert com presença, ao vivo e virtual, de vários intervenientes no projeto

O projeto “De casa para um mundo…” reúne 15 artistas plásticos + 15 escritores + 15 compositores + 5 designers, ou seja, 30 obras, produzidas durante o período de confinamento. Fátima Lambert moderará uma mesa redonda, a partir do Fórum Cultural de Cerveira, com vários protagonistas do projeto, sendo que muitos se juntarão através das plataformas digitais.

Vídeo surpresa com alguns momentos da montagem das exposições da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira ou de preparação das suas várias atividades

Vídeo surpresa com alguns momentos da montagem das exposições da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira ou de preparação das suas várias atividades


14/9 Segunda-feira 10:00


Ao longo dos meses de setembro e outubro, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira pautará a sua programação digital com alguns pequenos vídeos que compilam momentos das montagens das várias exposições ou de preparação das suas várias atividades. Os vídeos revelarão testemunhos de artistas e curadores, momentos de descontração, levando até aos públicos alguns dos segredos de como tudo acontece.

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes


17/9 Quinta-feira 10:00


Membro da comunidade a definir

Comprometida com o objetivo de aproximar os públicos da arte contemporânea, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove visitas guiadas, virtuais, com elementos da sua comunidade que serão desafiados a selecionar algumas obras de arte e a propor um roteiro de descoberta das mesmas. Os protagonistas só serão revelados no dia de lançamento dos vídeos.

Visita guiada à exposição “Poéticas e imaginários – Travessias com múltiplas conexões”

Visita guiada à exposição “Poéticas e imaginários – Travessias com múltiplas conexões”


19/9 Sábado 18:00


Curadoria: Isabel Lima

Isabel Lima guia-nos, numa visita virtual, pela exposição “Poéticas e imaginários – Travessias com múltiplas conexões” que o Centro Cultural de Vila Praia de Âncora acolheu até 13 de setembro.

Entrevista a Pedro Calapez

Entrevista a Pedro Calapez


21/9 Segunda-feira 10:00


Pedro Calapez (Portugal, 1953)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Visita guiada presencial ao Fórum Cultural de Cerveira

Visita guiada presencial ao Fórum Cultural de Cerveira


26/9 Domingo 15:00 e 18:00


Visita guiada (exclusivamente) presencial ao Fórum Cultural de Cerveira orientada pela curadora Helena Mendes Pereira (sujeita a inscrição). Para se inscrever ou solicitar agendamento de visitas guiadas à XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira por favor contacte-nos através do geral@bienaldecerveira.pt ou 251794633. Mínimo 10 pessoas e máximo de 15.

Visita guiada à exposição “Livros de Artista, Diversidade de Espaços”

Visita guiada à exposição “Livros de Artista, Diversidade de Espaços”


26/9 Sábado 18:00


Curadoria: Fernanda Vilas Boas

Fernanda Vilas Boas guia-nos, numa visita virtual, pela exposição “Livros de Artista, Diversidade de Espaços” que a Galeria Noroeste – Fundação Caixa Agrícola acolhe até 26 de outubro.

Vídeo surpresa com alguns momentos da montagem das exposições da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira ou de preparação das suas várias atividades

Vídeo surpresa com alguns momentos da montagem das exposições da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira ou de preparação das suas várias atividades


28/9 Segunda-feira 10:00


Ao longo dos meses de setembro e outubro, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira pautará a sua programação digital com alguns pequenos vídeos que compilam momentos das montagens das várias exposições ou de preparação das suas várias atividades. Os vídeos revelarão testemunhos de artistas e curadores, momentos de descontração, levando até aos públicos alguns dos segredos de como tudo acontece.

Outubro

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes


1/10 Quinta-feira 10:00


Membro da comunidade a definir

Comprometida com o objetivo de aproximar os públicos da arte contemporânea, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove visitas guiadas virtuais, com elementos da sua comunidade que serão desafiados a selecionar algumas obras de arte e a propor um roteiro de descoberta das mesmas. Os protagonistas só serão revelados no dia de lançamento dos vídeos.

Visita guiada à exposição patente na galeria do Fórum Cultural de Cerveira

Visita guiada à exposição patente na galeria do Fórum Cultural de Cerveira


3/10 Sábado 18:00


Curadora: Helena Mendes Pereira

Helena Mendes Pereira guia-nos, numa visita virtual, pela exposição patente na galeria do Fórum Cultural de Cerveira.

Entrevista a Pedro Tudela

Entrevista a Pedro Tudela


5/10 Segunda-feira 10:00


Pedro Tudela (Portugal, 1962)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Lançamento do livro “apenas literatura e não outra coisa qualquer” de Helena Mendes Pereira.

Lançamento do livro “apenas literatura e não outra coisa qualquer” de Helena Mendes Pereira.


07/10 Sábado 18:00


Helena Mendes Pereira

Helena Mendes Pereira (PT, 1985) é curadora, professora e investigadora em práticas artísticas e culturais contemporâneas. Amiúde, aventura-se pela dramaturgia e colabora, como produtora, em projetos ligados à música e ao teatro, onde tem muitas das suas raízes profissionais. A aventura da arte contemporânea começou, na verdade, aqui na Vila das Artes em 2007 e é por isso que este segundo livro de prosa-poética, de registo íntimo e despretensioso, é lançado em Vila Nova de Cerveira e no âmbito da programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira. Depois de, em 2019, ter lançado, com fotografias de Lauren Maganete, “pequenos delitos do coração”, livro que esgotou em poucos meses, esta segunda publicação persegue a mesma tipologia de escrita, contando, desta feita, com ilustrações de Xana Abreu (PT, 1975). “apenas literatura e não outra coisa qualquer” é mais um livro-objeto e não um sustento para as massas leitoras. Chegará aos mais rápidos e aos mais audazes, aos que primeiro quiserem ouvir a confissão. É publicado pela editora da Astronauta – Associação Cultural, criada pela autora e por um grupo de espaciais em 2015. Trata-se de uma edição de autor e de um investimento pessoal, justificado pela crença de que as palavras não devem ser guardadas, mas largadas ao vento, aos sentidos do outros. A apresentação do livro será no Fórum Cultural de Cerveira, com lotação reservada a 50 pessoas. Havendo inscrições em número muito superior, far-se-á uma segunda sessão às 19:30. Inscrições e/ou pré-reservas de livros através do e-mail: astronauta.associacaocultural@gmail.com ou do número (+351) 962 537 408

Visita guiada à exposição patente na sala principal do Fórum Cultural de Cerveira

Visita guiada à exposição patente na sala principal do Fórum Cultural de Cerveira


10/10 Sábado 18:00


Curador: Cabral Pinto

Cabral Pinto guia-nos, numa visita virtual, pela exposição patente na sala principal do Fórum Cultural de Cerveira.

Vídeo surpresa com alguns momentos da montagem das exposições da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira ou de preparação das suas várias atividades

Vídeo surpresa com alguns momentos da montagem das exposições da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira ou de preparação das suas várias atividades


12/10 Segunda-feira 10:00


Ao longo dos meses de setembro e outubro, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira pautará a sua programação digital com alguns pequenos vídeos que compilam momentos das montagens das várias exposições ou de preparação das suas várias atividades. Os vídeos revelarão testemunhos de artistas e curadores, momentos de descontração, levando até aos públicos alguns dos segredos de como tudo acontece.

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes


15/10 Quinta-feira 10:00


Membro da comunidade a definir

Comprometida com o objetivo de aproximar os públicos da arte contemporânea, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove visitas guiadas, virtuais, com elementos da sua comunidade que serão desafiados a selecionar algumas obras de arte e a propor um roteiro de descoberta das mesmas. Os protagonistas só serão revelados no dia de lançamento dos vídeos.

Entrevista a Gerardo Burmester

Entrevista a Gerardo Burmester


19/10 Segunda-feira 10:00


Gerardo Burmester (Portugal, 1953)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência e que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente, desafia estes criadores que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Visita guiada à exposição patente no Palco das Artes, em Vila Nova de Cerveira.

Visita guiada à exposição patente no Palco das Artes, em Vila Nova de Cerveira.


24/10 Sábado 18:00


Curadora: Helena Mendes Pereira

Helena Mendes Pereira guia-nos, numa visita virtual, pela exposição patente no Palco das Artes em Vila Nova de Cerveira.

Vídeo surpresa com alguns momentos da montagem das exposições da XXI BIAC ou de preparação das suas várias atividades

Vídeo surpresa com alguns momentos da montagem das exposições da XXI BIAC ou de preparação das suas várias atividades


26/10 Segunda-feira 10:00


Ao longo dos meses de setembro e outubro, a XXI BIAC pautará a sua programação digital com alguns pequenos vídeos que compilam momentos das montagens das várias exposições ou de preparação das suas várias atividades. Os vídeos revelarão testemunhos de artistas e curadores, momentos de descontração, levando até aos públicos alguns dos segredos de como tudo acontece.

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes


29/10 Quinta-feira 10:00


Membro da comunidade a definir

Comprometida com o objetivo de aproximar os públicos da arte contemporânea, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove visitas guiadas, virtuais, com elementos da sua comunidade que serão desafiados a selecionar algumas obras de arte e a propor um roteiro de descoberta das mesmas. Os protagonistas só serão revelados no dia de lançamento dos vídeos.

Novembro

Entrevista a Augusto Canedo

Entrevista a Augusto Canedo


2/11 Segunda-feira 10:00


Augusto Canedo (Portugal, 1958)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes


5/11 Quinta-feira 10:00


Membro da comunidade a definir

Comprometida com o objetivo de aproximar os públicos da arte contemporânea, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove visitas guiadas, virtuais, com elementos da sua comunidade que serão desafiados a selecionar algumas obras de arte e a propor um roteiro de descoberta das mesmas. Os protagonistas só serão revelados no dia de lançamento dos vídeos.

Visita guiada à exposição patente no Fórum Cultural de Cerveira

Visita guiada à exposição patente no Fórum Cultural de Cerveira


7/11 Sábado 18:00


Curador: Felipe Scovino

O prestigiado curador brasileiro Felipe Scovino guia-nos, numa visita virtual, pela exposição patente no Fórum Cultural de Cerveira

Entrevista a João Nunes

Entrevista a João Nunes


9/11 Segunda-feira 10:00


João Nunes (Portugal, 1951)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas.

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes


12/11 Quinta-feira 10:00


Membro da comunidade a definir

Comprometida com o objetivo de aproximar os públicos da arte contemporânea, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove visitas guiadas virtuais, com elementos da sua comunidade que serão desafiados a selecionar algumas obras de arte e a propor um roteiro de descoberta das mesmas. Os protagonistas só serão revelados no dia de lançamento dos vídeos.

Entrevista a Silvestre Pestana

Entrevista a Silvestre Pestana


16/11 Segunda-feira 10:00


Silvestre Pestana (Portugal, 1949)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes


19/11 Quinta-feira 10:00


Membro da comunidade a definir

Comprometida com o objetivo de aproximar os públicos da arte contemporânea, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove visitas guiadas, virtuais, com elementos da sua comunidade que serão desafiados a selecionar algumas obras de arte e a propor um roteiro de descoberta das mesmas. Os protagonistas só serão revelados no dia de lançamento dos vídeos.

Visita guiada à exposição patente no Fórum Cultural de Cerveira

Visita guiada à exposição patente no Fórum Cultural de Cerveira


21/11 Sábado 18:00


Curador: Nilo Casares

O prestigiado curador espanhol Nilo Casares guia-nos, numa visita virtual, pela exposição patente no Fórum Cultural de Cerveira

Entrevista a Henrique do Vale

Entrevista a Henrique do Vale


23/11 Segunda-feira 10:00


Henrique do Vale (Angola, 1959)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes


26/11 Quinta-feira 10:00


Membro da comunidade a definir

Comprometida com o objetivo de aproximar os públicos da arte contemporânea, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove visitas guiadas virtuais, com elementos da sua comunidade que serão desafiados a selecionar algumas obras de arte e a propor um roteiro de descoberta das mesmas. Os protagonistas só serão revelados no dia de lançamento dos vídeos.

Entrevista a Mafalda Santos

Entrevista a Mafalda Santos


30/11 Segunda-feira 10:00


Mafalda Santos (Portugal, 1980)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Dezembro

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes


3/12 Quinta-feira 10:00


Membro da comunidade a definir

Comprometida com o objetivo de aproximar os públicos da arte contemporânea, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove visitas guiadas, virtuais, com elementos da sua comunidade que serão desafiados a selecionar algumas obras de arte e a propor um roteiro de descoberta das mesmas. Os protagonistas só serão revelados no dia de lançamento dos vídeos.

Visita guiada à exposição patente no Fórum Cultural de Cerveira

Visita guiada à exposição patente no Fórum Cultural de Cerveira


5/12 Sábado 18:00


Curador: Juan Carlos Moya

O prestigiado curador espanhol Juan Carlos Moya guia-nos, numa visita virtual, pela exposição patente no Fórum Cultural de Cerveira

Entrevista a Sobral Centeno

Entrevista a Sobral Centeno


7/12 Segunda-feira 10:00


Sobral Centeno (Portugal, 1948)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Entrevista a Joana Vasconcelos

Entrevista a Joana Vasconcelos


14/12 Segunda-feira 10:00


Joana Vasconcelos (França, 1971)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes

Visita guiada às exposições do Fórum Cultural de Cerveira ou Palco das Artes


3/12 Quinta-feira 10:00


Membro da comunidade a definir

Comprometida com o objetivo de aproximar os públicos da arte contemporânea, a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove visitas guiadas virtuais, com elementos da sua comunidade que serão desafiados a selecionar algumas obras de arte e a propor um roteiro de descoberta das mesmas. Os protagonistas só serão revelados no dia de lançamento dos vídeos.

Visita guiada à exposição patente na sala principal do Fórum Cultural de Cerveira

Visita guiada à exposição patente na sala principal do Fórum Cultural de Cerveira


19/12 Sábado 18:00


Curadora: Helena Mendes Pereira

Helena Mendes Pereira guia-nos, numa visita virtual, pela exposição patente na sala principal do Fórum Cultural de Cerveira.

Entrevista a Zadok Ben-David

Entrevista a Zadok Ben-David


21/12 Segunda-feira 10:00


Zadok Ben-David (Iémen, 1949)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência e que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente, desafia estes criadores que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Entrevista a Cabral Pinto

Entrevista a Cabral Pinto


28/12 Segunda-feira 10:00


Cabral Pinto (Portugal, 1947)

A programação da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira conta, em exclusivo para os canais digitais, com uma rubrica de entrevistas realizadas no contexto do atelier de artistas. A seleção de autores reflete Vila Nova de Cerveira como um território criativo por excelência que favorece, como sempre favoreceu, a fixação de artistas e intelectuais. Simultaneamente desafia estes criadores, que ao longo da história das bienais foram sendo premiados e que cujas obras integram o acervo do Museu Bienal de Cerveira.

Entrevista a Fernando Nogueira

Entrevista a Fernando Nogueira


30/12 Quarta-feira 10:00


Fernando Nogueira

Em jeito de retrospetiva desta XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira, publica-se uma entrevista com Fernando Nogueira, presidente da Fundação Bienal de Arte de Cerveira.

Janeiro 2021

Vídeo resumo da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira

Vídeo resumo da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira


1/1 de 2021 Domingo 18:00