Skip to main content
Clean & Safe

Programa de Intervenções Artísticas e Comunidade “NO MINHO NÃO HÁ ALDEIA MELHOR DO QUE A MINHA!” • Alberto Rodrigues Marques

 

Alberto Rodrigues Marques (PT, 1995) apresenta hoje a obra produzida no âmbito do Programa de Intervenções Artísticas e Comunidade “No Minho não há aldeia melhor do que a minha!”. A coordenação artística e de comunicação encontra-se a cargo da Fundação Bienal de Arte de Cerveira e da zet gallery.

O artista esteve em residência artística na aldeia de Vilar de Mouros, em Caminha, onde produziu uma pintura mural que tem como mote a quarta edição do Festival Vilar de Mouros, em 1968, ano em que surgiram várias revoltas sociais pela luta da liberdade dos direitos dos trabalhadores.

Este projeto é promovido pelo consórcio MINHO IN que integra os 24 municípios do Minho e tem curadoria de Helena Mendes Pereira.

A inauguração da obra terá lugar hoje, às 19:00, na aldeia de Vilar de Mouros, em Caminha. Junte-se a nós!