Skip to main content

Fundação Bienal de Arte de Cerveira representa Portugal na conferência internacional “The Best in Heritage 2020”

 

A Fundação Bienal de Arte de Cerveira é a instituição portuguesa convidada a participar na conferência “The Best in Heritage 2020”, que apresenta as melhores práticas em museus, património e conservação a nível mundial. Na sua 19.ª edição, a organização cancelou o encontro presencial em Dubrovnik, na Croácia, e avançou com o formato digital.

Tendo como principal parceiro o Conselho Internacional de Museus (ICOM) e a Europa Nostra, com o apoio do programa Europa Criativa, o projeto “The Best in Heritage” apresenta ao público uma série de 42 entrevistas online com os representantes das instituições premiadas a nível mundial em 2019. O objetivo consiste na partilha de conhecimento junto da comunidade profissional e público em geral a partir de casos de sucesso no que toca à preservação e comunicação do património cultural.

A Fundação Bienal de Arte de Cerveira representa Portugal no evento, no seguimento do Prémio de Melhor Museu de 2019, atribuído ao Museu Bienal de Cerveira pela APOM (Associação Portuguesa de Museologia). A participação conta com um depoimento do presidente da Fundação Bienal de Arte de Cerveira (FBAC), Fernando Nogueira, e de uma entrevista onde se fala sobre o passado, o presente e o futuro da bienal de arte mais antiga do país e do Museu Bienal de Cerveira.

“É uma honra termos sidos escolhidos, a nível nacional, para dar a conhecer o trabalho que temos vindo a desenvolver em Vila Nova de Cerveira em prol da cultura e das artes”, refere o presidente da FBAC. “Acreditamos que este prémio reforça e sublinha não só a excelência de um percurso estabelecido em conjunto há mais de 40 anos, mas também o facto de sermos um importante caso de estudo em Portugal de como o investimento em projetos culturais pode resultar no desenvolvimento social, cultural e económico de um território”, acrescenta.

A iniciativa decorre até final do mês de setembro, altura em que o Júri, composto por seis moderadores e dois vencedores do ano passado, votará em dois projetos de influência nas categorias “Best in Heritage” e “IMAGINES 2020”. O programa pode ser acompanhado, gratuitamente, no canal do Youtube do “The Best in Heritage” e na página oficial do evento.

X