XVIII Bienal de Cerveira | Olhar o passado para construir o futuro

Bienal de Cerveira
“Olhar o passado para construir o futuro” é o tema da XVIII Bienal Internacional de Arte de Cerveira, que irá decorrer de 17 Julho a 18 Setembro de 2015, para apresentar 300 artistas de 33 países, cerca de 500 obras de arte. Pretende-se a identificação dos saberes e tradições da região, para apresentar soluções de identificação contemporânea, conducentes a uma aposta no diálogo dos artistas criadores com a história e conhecimento dos meios onde se inscrevem geograficamente.

O formato, adotado desde a primeira Bienal, será mantido de acordo com o objetivo a que este evento se propõe desde 1978: um local de encontro, debate e investigação de Arte Contemporânea, num programa concertado com a vizinha Galiza e o Ensino Superior a nível Europeu.

O programa, ainda provisório, envolve assim: Concurso Internacional; representações de 13 Universidades, Escolas Superiores e Politécnicos das áreas artísticas, com apresentação dos departamentos de investigação artística e as produções de alunos e professores; Artistas Convidados nacionais e estrangeiros com curadorias nacionais e internacionais; Artistas Homenageados (Alcino Soutinho, Dacos e Eurico Gonçalves); Conferências e Debates; Ateliers e Workshops; Visitas Guiadas; espetáculos de luz e som interiores e exteriores; um Drive-in, entre outros.

De destacar, ainda, a participação da artista grega Danae Stratou, que apresenta um trabalho de vídeo com textos de Yanis Varoufakis e Margarida Reis que irá expor parte do seu notável trabalho artístico na área da tapeçaria.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone