Residências Artísticas 2016 | Conheça a primeira vaga de artistas | 1 a 14 setembro

residencias_fase1

São 15 os projetos artísticos que serão desenvolvidos na ‘Casa do Artista Jaime Isidoro’, ao longo de quatro períodos, nas áreas de gravura, escultura, pintura, fotografia serigrafia, entre outras. Nesta primeira fase, que decorre até 14 de setembro, os ‘protagonistas’ são Diogo Costa (PT), Iago Eireos (ES), Luís Plácido Costa (PT) e Manuela da Costa Lima (BR).

Diogo Costa apresenta-nos o projeto “Blind Spot”, de desenho e pintura, que envolve a dicotomia de espaços pintados que contrastam com áreas vazias de tela branca. Diluindo ou evidenciando fronteiras entre bidimensional/tridimensional, dentro/fora, nítido/desfocado, mostrar/evocar, o observador é submetido a um jogo percetual que o instiga à contemplação.

O espanhol Iago Eireos é já repetente das Residências Artísticas da Fundação Bienal de Arte de Cerveira. “Nación S.A” é a instalação que o artista propõe desenvolver este ano, que concentra a sua prática em torno da construção de identidades e crítica cultural, através de pinturas, fotografias, gravuras, instalações e intervenções em espaços públicos.

O projeto que Luís Plácido Costa traz para a residência tem como objetivo a construção de um corpo de trabalho que, através de vários suportes, seja capaz de questionar diferentes formas de como nos relacionamos com o espaço em redor. “Este espaço no tempo não tem duração” será um trabalho desenvolvido nas áreas de instalação, desenho, fotografia, vídeo e escultura.

A artista brasileira Manuela da Costa Lima constrói a sua residência com base na sua experiência de peregrinação. Começou por trilhar o Caminho Inglês de Santiago de Compostela a partir da Coruña e chegou a Vila Nova de Cerveira percorrendo parte do Caminho Português. As vivências do caminho de peregrino serão agora transpostas para o fazer artístico, cujo resultado será ilustrado em gravura e escultura.

Este ano concorreram ao Programa de Residências Artísticas 67 projetos de 73 artistas, oriundos de 12 países. As residências artísticas selecionadas decorrerão na ‘Casa do Artista Pintor Jaime Isidoro’ e no Fórum Cultural de Cerveira, com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira.

Para conhecer com mais detalhe os projetos clique aqui.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone