Fundação Bienal de Cerveira participou na 27ª Concreta | 19 a 22 novembro

Feira Concreta 2015

 

A Fundação Bienal de Cerveira marcou presença na 27.ª Feira Concreta, na Exponor, com uma mostra de Design de cartazes e catálogos originais das 18 edições da bienal de arte mais antiga do país. Segundo Henrique Silva, Vice-Presidente da Fundação Bienal de Cerveira, “os 37 anos de vivência com criadores de todas as disciplinas artísticas, deram à Bienal de Cerveira a capacidade de ser um espelho da evolução do pensamento e produção contemporânea, em especial no conceito da imagem e da comunicação”.

No total, foram cerca de 200 os expositores participantes, de 19 a 22 de novembro, dos subsectores da indústria nacional e empresas de serviços de design, arquitetura, engenharia e especialidades técnicas.

Tendo como comissários, a LIKEArchitects e dirigentes da Ordem dos Arquitetos Secção Regional do Norte, a Concreta 2015 surgiu com um novo layout, organizando-se por ‘praças temáticas’ e propondo aos visitantes um passeio pelas várias praças temáticas do certame.

Não perdendo de vista a importância de captação de compradores estrangeiros, a organização desenhou uma ação em exclusivo para os mercados europeus de Inglaterra, França, Bélgica, Alemanha e Noruega, bem como para as economias emergentes como é o caso do Dubai, Emiratos Árabes Unidos, Colômbia, Marrocos e Argélia. Designada por ‘This is Concreta’ a ação foi desenvolvida para promover as indústrias nacionais da área da construção, arquitectura e design, impulsionar a sua internacionalização e divulgar as novas tendências.

 

 

Toda a Arte tem design e todo o design tem arte

Os trinta e sete anos de vivência com criadores de todas as disciplinas artísticas, deram à Bienal de Cerveira a capacidade de ser um espelho da evolução do pensamento e produção contemporânea em especial no conceito da imagem e da comunicação, tanto no aspeto da vivência através dos novos conceitos de materiais arquitetónicos como da transparência dos métodos e propostas dos criadores nos artefactos artísticos presentes nas dezoito edições da Bienal Internacional de Arte de Cerveira.
Esta mostra pretende ser em primeiro lugar um testemunho da complementaridade das várias disciplinas ditas artísticas e dos meios de expressão que as matérias permitem para a concretização de projetos conducentes a uma maior expansão do empreendedorismo, concretizada pela criação de uma Fundação e de um Museu de Arte Contemporânea.

novembro de 2015, Fundação Bienal de Cerveira

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone
Publicado em Notícias