FBAC participou em ciclo de Conversas da Livraria Lello | 24 março

O vice-presidente da Fundação Bienal de Arte de Cerveira (FBAC), Nuno Correia, participou na 3.ª mesa do ciclo de debates “Uma cidade pode ser um coração. Um punho – Conversas Livraria Lello”, no passado dia 24 de março, nos Armazéns do Castelo, no Porto.

Partindo do diálogo entre Economia e Cultura, Arte e Turismo, esta conversa teve como convidados: Clara Gonçalves (diretora executiva do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto | UPTEC); Álvaro Covões (Everything is New); Carlos Abrunhosa de Brito (Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas | ADDICT); David Parrish (especialista em empreendedorismo cultural e marketing da cultura); Dieter Hardt-Stremayr (representante do European Cities Marketing | ECM); Nuno Correia (Fundação Bienal de Arte de Cerveira) e Norberto Amaral (TEDxOporto).

O impacto que a Bienal Internacional de Arte de Cerveira e a Incubadora de Indústrias Criativas têm tido no desenvolvimento da região foram os temas abordados pelo vice-presidente da FBAC durante o debate.

Inspirados no verso do poeta português Albano Martins, que dá o mote para estas Conversas, o objetivo foi levar à discussão a identidade da cidade do Porto, o que se tem feito e o que se pode aprender para abrir caminho para o futuro, com a convicção de que este ciclo de debates traria uma livraria e uma cidade mais coesas.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone